Fonte: http://drfranciscobravim.site.med.br/fmfiles/index.asp/::XPR98MY::/noti4.jpg

A osteoartrose é  considerada como sendo uma doença reumática, que resulta em degeneração da cartilagem articular. Acometendo preferencialmente os indivíduos do sexo feminino (60%), após os 40 anos de idade esta é uma doença articular de evolução lenta, que frequentemente ocasiona sintomas de: 

 

 - Dor;

 - Rigidez;

 - Perda de mobilidade articular (ou para se movimentar).

A osteoartrose é um dos problemas de saúde mais comuns entre os idosos, e é uma importante causa de incapacidade física. Na atualidade o tratamento da osteoartrose compreende: terapia medicamentosa, fisioterapêutica e cirúrgica.

A terapia medicamentosa nos casos de osteartrose, inclui o uso de analgésicos, e corticóides (infiltração intra-articular de corticosteróides) principalmente para a promoção do alívio da dor.

A fisioterapia  visa sobre tudo o alivio da dor, e a preservação da função da articulação acometida pela osteoartrose, mediante o uso de técnicas fisioterapêuticas específicas para a melhora e manutenção da mobilidade e nutrição articular, orientações posturais, indicação de órteses (bengalas, muletas), realização de exercícios para fortalecimento muscular de baixo impacto (hidroterapia, cinesioterapia) entre outras técnicas fisioterapêuticas que podem vir a ser realizadas, em clínicas e consultórios de fisioterapia, bem como no próprio domicílio do paciente por um profissional graduado em fisioterapia.

     Já o tratamento cirúrgico é indicado para os casos mais graves de osteoartrose  pois, tem como objetivo principal tentar preservar ou restaurar a superfície da cartilagem articular, realinhar as articulações, fundir as articulações ou substituí-las por próteses (articulações sintéticas, sua maioria de uma liga de metal associado com plástico de altíssima densidade e resistência), e para estas finalidades existem diferentes técnicas cirúrgicas como: artroscopia, osteotomias, artrodeses etc.

Entretanto, outras formas de técnicas de tratamento também podem vir a utilizadas nos casos de osteoartrose como a: educação do paciente, através de orientações e esclarecimentos sobre a patologia, suas conseqüências para o organismo, e sobre a importância de se realizar exercícios físicos em especial do tipo alongamento regularmente.

      De modo geral  dentre todas as formas de terapias existentes para os casos de osteoartrose a fisioterapia é a de maior destaque, pois alem de promover o alívio da dor, a manutenção da mobilidade dos pacientes e a melhora da qualidade de vida do mesmo, ela faz-se presente, durante toda a evolução da patologia, e principalmente para aqueles pacientes que iram realizar uma cirurgia ou que já realizaram a cirurgia para tratar a osteoartrose.

     Todavia, é muito importante que o indivíduo com osteoartrose esteja ciente do seu caso e que siga corretamente o tratamento clínico, prescrito pelo médico e pelo fisioterapeuta responsável pelo seu caso, para que assim possam ser  evitados danos  maiores  a articulações acometidas e pra que possa ser mantida a sua qualidade de vida em um nível ótimo.